SUBINDO OU DESCENDO, O SENHOR ESTÁ CONTIGO

Eis um homem, que tinha dois filhos, ambos trabalhavam para ele no campo. Seus filhos eram obedientes e faziam tudo quanto o pai pedia. Esse homem possuía terras imensas, boas e de pouco proveito; tanto na parte baixa, quanto na parte alta do campo. Um dia o homem veio a falecer e todo os seus bens seriam divididos entre os seus dois filhos.

Havia ali, na redondeza, um homem que tinha o costume de observar as terras, como já era de idade avançada, deixava para os empregados o trabalho do seu campo, cujo a dimensão era bem menor do que as dos seu vizinho falecido.

Seus filhos, foram dividir as terras e no testamento de seu pai, havia o que era determinado para um e o que era para o outro. O mais velho recebeu uma terra no lugar próximo a cede do campo, na parte baixa e o mais novo, no alto, onde não havia bons frutos.

O vizinho chegou para o mais novo e disse: – Que azar hein. Você recebeu o campo terra ruim enquanto seu irmão de terra boa.

Ouvindo isso, respondeu o jovem: – Se é azar ou sorte eu não sei, só sei que assim quis o Senhor.

Chegou um tempo, que caiu grande quantidade de chuva naquelas redondezas e o campo do filho mais velho se encheu e se perdeu tudo que ali havia, enquanto o campo do mais novo, não foi atingido e com o tempo ganhou bons frutos e se tornou boa terra.

O vizinho chegou para o jovem e disse:- Que sorte hein, o campo do seu irmão foi destruído e o seu ficou intacto e ainda deu frutos.

Respondeu o jovem: – Se é azar ou sorte eu não sei, só sei que assim quis o Senhor.

Passando o tempo, o jovem comprou um cavalo e de repente o seu cavalo saiu e entrou pela mata.

O Vizinho chegou e disse:- Que azar hein, seu cavalo caro escapou e você ficou sem nenhum.

Respondeu o jovem: – Se é azar ou sorte eu não sei, só sei que assim quis o Senhor.

O jovem foi e entrou na mata, encontrou seu cavalo e trouxe com ele mais 20 cavalos tão bons quanto o que ele tinha.

O Vizinho chegou e disse: – Que sorte hein, perdeu seu cavalo mas o achou de volta e ainda trouxe mais 20.

Respondeu o jovem: – Se é azar ou sorte eu não sei, só sei que assim quis o Senhor.

Com a alegria de ter muitos cavalos em seu campo, o filho desse jovem começou a montar nos cavalos, mas um certo dia ele acabou caindo e quebrando sua perna.

O Vizinho chegou e disse: – Que azar, ganhou muitos cavalos, mas por causa deles o seu filho ficou de perna quebrada.

Respondeu o jovem: – Se é azar ou sorte eu não sei, só sei que assim quis o Senhor.

Passando algum tempo, havia rumores de guerra pelas bandas de seu país e com isso, o exército passava pelas cidades

em busca de jovens fortes e saudáveis para servir na guerra, ao chegar nas redondezas desse Moço, que não era mais tão jovem,

todos os meninos de 15 para cima foram levados, menos seu filho que havia ficado manco por ter quebrado a perna.

O Vizinho chegou e disse: – Que sorte, graças a perna manca de seu filho, ele não foi para a guerra.

Respondeu o homem: – Se é azar ou sorte eu não sei, só sei que assim quis o Senhor.

Bem, na verdade, essa história não tem fim. O que tiramos daqui é que, nunca, em momento algum devemos reclamar

das nossas condições, pois não sabemos se é azar ou sorte, mas temos certeza que tudo debaixo da terra há um propósito

de Deus. Ele cuida de nós, e não possuímos sabedoria o suficiente para compreender as maneiras de Deus de agir na nossa vida. Temos que ser pacientes e prudentes como o homem herdeiro e confiar no Senhor para todas as coisas de nossas vidas sempre com um firme pensamento, subindo ou descendo, o Senhor está contigo.

(Adaptado de um autor desconhecido)

Anúncios

MALDITO É O QUE CONFIA NO HOMEM?

Assim diz o Senhor: Maldito o homem que confia no homem…
Jeremias 17:5

Muitas gente gosta de usar esse versículo em forma de desabafar sobre uma decepção por ter confiado em alguém, só que esse versículo não para aí, ele tem uma continuação e diz isso:

…, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor!

Ou seja, é assim:

Assim diz o Senhor: Maldito o homem que confia no homem…e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor!
Jeremias 17:5

Ou seja, maldito o homem que confia em si mesmo e não coloca seu coração nas mãos do Senhor. Não se trata de outra pessoa, mas de você mesmo em confiar em si.

Você e suas escolhas não são confiáveis, pois são falhas e e te levam a ser maldito, mas bem aventurado e abençoado é o homem que entrega seu caminho nas mãos do Senhor, mesmo sendo imperfeito, entende que a vontade de Deus é melhor do que a dele, porque assim também diz o Senhor:

Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.
Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei.
E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração.

Jeremias 29:11-13

 

Rob

JESUS É AMOR

Sempre me identifiquei muito com os versículos de 1ª Corintios 13. Um tema que fala do amor perfeito, do qual Deus tem por nós e o qual podemos ter somente em parte algumas das características que nesse amor perfeito contém. Alguns podem ser pacientes, outros humildes e outros os dois, mas ninguém consegue possuir todas essas características que o amor tem. Portanto, convido a vocês lerem esse capítulo de uma forma em que eu nunca tinha lido, até esse domingo, quando Deus me tocou a substituir a palavra amor, pelo seu outro nome, Jesus. Leiam, calmamente e com atenção e sintam como Deus é amor.

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse Jesus, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse Jesus, nada seria.
E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse Jesus, nada disso me aproveitaria.
Jesus é sofredor, é benigno; Jesus não é invejoso; Jesus não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
Jesus nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;
Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.
Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e Jesus, estes três, mas o maior destes é Jesus, ou seja, o amor.

1 Coríntios 13:1-13

 

Impressionante, constrangedor, encantador e transformador é o amor de Jesus. Não há tentativas que nos justifiquem, que nos redima diante de Deus sem ser por amor a Jesus e pela fé. Não adianta fazer cruzadas, caminhadas, campanhas. Está escrito aí em cima, nem que você possua todo dinheiro do mundo, sem Jesus (amor), nada será.

Espero que esse texto toque seu coração como tocou e me fez enxergar um pouco mais da maravilhosa e Gloriosa personalidade do Pai, do filho e do espírito Santo.

 

Rob,

 

que o amor de Jesus alcance seu coração.

 

QUAL É A VERDADE ABSOLUTA?

As pessoas andam tão agitadas, que dizem não ter tempo pra nada, quando esse tempo aparece, dedicam a si próprio ou a família. Mas nessa vida, existe algo de importância primordial, que é conhecer a verdade do o porquê estarmos aqui.

Você pode ser daqueles que acham que quem defende a bíblia é prepotente em definir ser a única verdade, mesmo sem nunca ter a lido. Pode achar também que o crente é chato, pode achar que muitos são crentes só da boca pra fora e isso faz com que você não queira algo assim. Mas vamos analisar o ponto da única verdade. Analisando pelo olhar de fora, não me fazendo por eu aqui, mas sim, por uma pessoa imparcial.

Há uma verdade absoluta! Alguém ou algum livro diz a verdade, mas, o que você tem feito pra descobrir qual é? Vai esperar a morte chegar?
Se não der tempo mais? Com as coisas materiais, não nos arriscamos em perder, mas andamos precavidos porque não com a vida que é mais importante? Antes de dormir verificamos se as portas estão fechadas, antes de sair também. As mães sempre verificam como estão os filhos, os pais sempre calculando as contas. Quando saem pra comprar algo, verificam o quanto podem gastar. Se com essas coisas, somos tão precavidos, porque então, com o que mais importa pra nós, a nossa vida, não nos preocupamos assim? Presenciamos muito por aí as pessoas tão preocupadas com seus afazeres e não conseguem tempo pra descobrir a verdade.

Agora, falo na minha crença. Eu creio em Jesus, vivo pra Ele, ao menos tento ao máximo, segundo o que a sabedoria que possuo hoje e o amor por Ele me permitem, assim como amanhã o amarei mais de acordo com o progresso da minha fé que aumenta gradativamente conforme busco conhecer a Deus. Se a verdade que creio, for a verdade absoluta? Vai deixar sua vida ir pro inferno? Se uma das outras verdades forem a absoluta, você vai querer ficar com sua alma vagando sem rumo? Vai querer ficar no mundo dos mortos sendo torturado?

Isso é algo a se refletir. Eu creio que devemos buscar a verdade, não estou dizendo para que você busque a que creio, mas sim busque a verdade, porque o Deus que creio, sonda todos os corações e aquele que busca, encontrará, aquele que bate a porta, ela será aberta e com certeza , se você buscar, com toda misericórdia Ele te guiará para o caminho certo, porque a vontade de Deus é a que todos sejam salvos, portanto, busque! Sua vida está passando.

Que o amor de Jesus alcance os corações aflitos, cansados, sobrecarregados, desiludidos, frustrados, amargurados, magoados, irados e possa trazer você que ler aqui, para a boa, perfeita e agradável vontade de Deus, que é a que todos sejam salvos.

R. Dias

O AMAR SEM ACEPÇÃO DE PESSOAS

LEIA O QUE ESTE PASTOR FEZ:O pastor Jeremias Steepek (foto) se disfarçou de mendigo e foi a igreja de 10 mil membros onde ia ser apresentado como pastor principal pela manhã. Caminhou ao redor da igreja por 30 minutos enquanto ela se enchia de pessoas para o culto. Somente 3 de cada 7 das 10.000 pessoas diziam "oi" para ele. Para algumas pessoas, ele pediu moedas para comprar comida. Ninguém na Igreja lhe deu algo. Entrou no templo e tentou sentar-se na parte da frente, mas os diáconos o pediram que ele se sentasse na parte de trás da igreja. Ele cumprimentava as pessoas que o devolviam olhares sujos e de julgamento ao olhá-lo de cima à baixo.Enquanto estava sentado na parte de trás da igreja, escutou os anuncios do culto e logo em seguida a liderança subiu ao altar e anunciaram que se sentiam emocionados em apresentar o novo pastor da congreação: "Gostariamos de apresentar à vocês o Pastor Jeremias Steepek". As pessoas olharam ao redor aplaudindo com alegria e ansiedade. Foi quando o homem sem lar, o mendigo que se sentava nos últimos bancos, se colocou em pé e começou a caminhar pelo corredor. Os aplausos pararam. E todos o olhavam. Ele se aproximou do altar e pegou o microfone. Conteve-se por um momento e falou:“Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Venham, benditos de meu Pai! Recebam como herança o Reino que foi preparado para vocês desde a criação do mundo. Pois eu tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; fui estrangeiro, e vocês me acolheram; necessitei de roupas, e vocês me vestiram; estive enfermo, e vocês cuidaram de mim; estive preso, e vocês me visitaram’. “Então os justos lhe responderão: ‘Senhor, quando te vimos com fome e te demos de comer, ou com sede e te demos de beber? Quando te vimos como estrangeiro e te acolhemos, ou necessitado de roupas e te vestimos? Quando te vimos enfermo ou preso e fomos te visitar?’ “O Rei responderá: ‘Digo a verdade: O que vocês fizeram a algum dos meus menores irmãos, a mim o fizeram’."Depois de haver recitado o texto de Mateus 25:34-40, olhou a congregação e lhes contou tudo que havia experimentado aquela manhã. Muitos começaram a chorar, muitas cabeças se inclinaram pela vergonha. O pastor disse então: "Hoje vejo uma reunião de pessoas, não a Igreja de Jesus Cristo. O mundo tem pessoas suficientes, mas não suficientes discípulos. Quando vocês se tornarão discípulos?". Logo depois, encerrou o culto e despediu-se: "Até semana que vem"! Ser cristão é mais que algo que você defende. É algo que vive e compartilha com outras pessoas.

Achei na net, esse texto muito interessante de como nós temos sido cristãos ao dia de hoje. Não sei, se essa é de fato uma história ou uma estória, mas não importa, o que realmente vale aqui, é a aula que temos se realmente temos sido como o Nosso Senhor nos mostrou como teríamos que ser.

O pastor Jeremias Steepek (foto) se disfarçou de mendigo e foi a igreja de 10 mil membros onde ia ser apresentado como pastor principal pela manhã. Caminhou ao redor da igreja por 30 minutos enquanto ela se enchia de pessoas para o culto. Somente 3 de cada 7 das 10.000 pessoas diziam “oi” para ele. Para algumas pessoas, ele pediu moedas para comprar comida. Ninguém na Igreja lhe deu algo. Entrou no templo e tentou sentar-se na parte da frente, mas os diáconos o pediram que ele se sentasse na parte de trás da igreja. Ele cumprimentava as pessoas que o devolviam olhares sujos e de julgamento ao olhá-lo de cima à baixo.

Enquanto estava sentado na parte de trás da igreja, escutou os anuncios do culto e logo em seguida a liderança subiu ao altar e anunciaram que se sentiam emocionados em apresentar o novo pastor da congreação: “Gostariamos de apresentar à vocês o Pastor Jeremias Steepek”. As pessoas olharam ao redor aplaudindo com alegria e ansiedade. Foi quando o homem sem lar, o mendigo que se sentava nos últimos bancos, se colocou em pé e começou a caminhar pelo corredor. Os aplausos pararam. E todos o olhavam. Ele se aproximou do altar e pegou o microfone. Conteve-se por um momento e falou:
“Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Venham, benditos de meu Pai! Recebam como herança o Reino que foi preparado para vocês desde a criação do mundo. Pois eu tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; fui estrangeiro, e vocês me acolheram; necessitei de roupas, e vocês me vestiram; estive enfermo, e vocês cuidaram de mim; estive preso, e vocês me visitaram’. “Então os justos lhe responderão: ‘Senhor, quando te vimos com fome e te demos de comer, ou com sede e te demos de beber? Quando te vimos como estrangeiro e te acolhemos, ou necessitado de roupas e te vestimos? Quando te vimos enfermo ou preso e fomos te visitar?’ “O Rei responderá: ‘Digo a verdade: O que vocês fizeram a algum dos meus menores irmãos, a mim o fizeram’.”

Depois de haver recitado o texto de Mateus 25:34-40, olhou a congregação e lhes contou tudo que havia experimentado aquela manhã. Muitos começaram a chorar, muitas cabeças se inclinaram pela vergonha. O pastor disse então: “Hoje vejo uma reunião de pessoas, não a Igreja de Jesus Cristo. O mundo tem pessoas suficientes, mas não suficientes discípulos. Quando vocês se tornarão discípulos?”. Logo depois, encerrou o culto e despediu-se: “Até semana que vem”! Ser cristão é mais que algo que você defende. É algo que vive e compartilha com outras pessoas.

 

Nota: Texto de autor desconhecido. 

ONDE VOCÊ PROCURA SUA FELICIDADE?

Diz um ditado: “O dinheiro governa o mundo!”. Não se pode negar esta verdade. Nada no mundo fascina as pessoas tanto quanto o dinheiro. Todos procuram dinheiro e bens, todos procuram enriquecer. Uns trabalhando outros economizando, e ainda outros por meio de heranças ou jogatinas e não raramente através de enganos e trapaças.

Será que é verdade que o dinheiro traz felicidade para quem o possui? Um homem rico, que podia comprar o que quisesse, disse uma vez: “Tive sorte na vida, mas nunca fui feliz”. Quem tem dinheiro preocupa-se com a possibilidade de ser roubado ou perde-lo através de chantagem. De uma hora para a outra a riqueza pode transformar-se em pobreza, como já aconteceu tantas vezes devido a guerras, desperdícios, inflações ou catástrofes naturais, etc. A dura verdade permanece: ao deixar esta terra todos perdem tudo, pois ninguém leva nada deste mundo.

Em 1Tm 6:7 a Bíblia diz: ” Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele.“. Também é verdade o que a Bíblia diz sobre o amor ao dinheiro: ele é raiz de todos os males. As consequências são, coração duro, frieza e brutalidade. Quem estiver preso pelo poder do dinheiro dificilmente consegue escapar. Os que querem ficar ricos caem em tentação e cilada.

Talvez você já esteja procurando a felicidade da sua vida há muito tempo. Sua felicidade está mais próximo do que você imagina, é só chamar a Jesus. Romanos 10:12-13 diz: “Não há diferença entre judeus e gentios, pois o mesmo Senhor é Senhor de todos e abençoa ricamente todos os que o invocam, porque “todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”“.

Se você quer ser feliz de verdade, vá agora a Jesus e confesse-lhe sua infelicidade. Apesar de sua aparente felicidade na vida. Deixe que ele lhe dê a felicidade verdadeira, dobre seus joelhos diante de Jesus Cristo, confesse seus pecados de coração e humildade reconhecendo o Amor Dele por você e receba a verdadeira paz, alegria e consolo e esperança que excede todo o entendimento. Paz que até se você estiver passando pelo vale da sombra e da morte, nada o afligirá, pois o Senhor cuida dos seus. 

Assim, você terá a maior riqueza que se pode imaginar. O Salmo 32:1 diz:

“Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto.”

Nota: Texto tirado de um panfleto recebido na rua. 

 

Abraços, Rob.

SONDA-ME SENHOR, E TIRA A CASCA QUE SE FORMA EM MEU EXTERIOR

As vezes, caímos em uma rotina, na qual, agimos conformados com as excessivas atividades do dia a dia. Acordamos cedo para trabalhar, chegamos muitas vezes tarde em casa e, quando cedo, cansados, querendo refrescar em um bom banho e repousar em cama. Confesso, tenho feito isso constantemente, porém, Deus tem incomodado meu coração.

Deus tem me falado o quanto tenho sido religioso. Andado em obrigações com Ele como se orar, ler a bíblia e meditar na palavra fossem obrigações nossas pesadas. Mas não, são coisas que devemos fazer com alegria, amor..”buscar a sabedoria mais que o ouro, o conhecimento mais que a prata” … Mas os dias são maus.

Não são por obras de nossas mãos que alcançaremos o Reino de Deus, mas pela fé, oração, jejum, leitura e o ouvir da palavra. Sim, essas coisas produzirão a obra do espirito através de nós. Mas insistimos em achar que devemos agir pelo nosso próprio entendimento e isso, se torna tão automático, que fazemos sem perceber, caímos em falhas, pecando com a boca, com a mente, com os pés, com as mãos, com os olhos e etc, e muitas vezes, nos derramamos clamando ao Senhor perdão. Verdade, arrependo de meus pecados, de minhas falhas.

Mas hoje, assisti um vídeo que adiava em assistir faz uns dias, não porque sabia do que se tratava, não sabia. Mas simplesmente adiava. Mas hoje assisti. 20 minutos maravilhosamente valiosos. Um testemunho! Não um testemunho de vitória material, de aprovação de homens, de ouvir o que queremos, mas um testemunho de alguém que ouviu de Deus, quem ela realmente era.

Assustador, não? Deus revelar a você, sobre você mesmo, e ao olhar, perceber que não conhecia a si mesmo.

Deus age em seu tempo, e não importa o quanto batemos o pé, Ele não muda, pois Nele não há sombra de oscilação. Deus tem um plano e, será como planejou. Creio que Ele espera pacientemente que aceitemos aprender, para recebermos sua grande graça.

Somos nada, somos sujos, pó, falhos e sem condições de suportarmos as cargas de nosso dia a dia. Por isso, só com Jesus temos vida, sem Ele somos mortos e, mortos, não podemos ouvir, ver e nem saber para onde ir.

Sou nada, sou sujo, pó, falho e sem condição de carregar os pesos do meu dia a dia. Preciso de Jesus. Preciso até pra me compreender, pra analisar a mim mesmo, porque se me permitir ficar desatento, cairei e só, não conseguirei levantar.

Por isso, faço dessas palavras as minhas:
“Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos.
E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno. “
Salmos 139:23-24

A única coisa que podemos ouvir, é a mensagem de vida. Jesus!

Portanto, fiquem com esse vídeo e esse versículo.

“Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice. “
1 Coríntios 11:28

Assistam esse testemunho:

http://www.youtube.com/watch?v=iImzUw9lGMA